A Importância de Shiva

Sadhguru olha para a importância do ser que chamamos Shiva, e como sua contribuição para a humanidade é verdadeiramente única.
The Significance of Shiva
 

Sadhguru olha para a importância do ser que chamamos Shiva, e como sua contribuição para a humanidade é verdadeiramente única.

Pergunta: Sadhguru, você deposita uma grande importância em Shiva. Por que você não fala muito sobre outros mestres, como os mestres do Zen, por exemplo?

Sadhguru: Porque não existe nenhum doido o bastante para mim. Nós não estamos falando sobre Shiva versus uma outra pessoa. Isto a que você se refere como Shiva inclui tudo. Houve muitos seres humanos maravilhosos que prestaram grande serviço para a humanidade. Porém, em termos de percepção, não existe nenhum outro ser como ele.

Zen Master Gutei

Então você está falando sobre o Zen. Que mais grandioso mestre do Zen do que o próprio Shiva? Você já ouviu falar do Mestre Zen Gutei? Sempre que Gutei estava falando sobre o Zen, ele erguia o seu dedo, tentando mostrar: "Tudo é um". Nesses mosteiros Zen, garotos pequenos tornaram-se monges aos quatro, cinco anos de idade. Um desse garoto que crescia no mosteiro viu Gutei e também começou a erguer seu dedo indicador sempre que alguém dizia alguma coisa. Gutei observava isso, mas esperou até que o garoto completasse 16 anos de idade. Então, um dia, Gutei chamou o garoto e ergueu o seu dedo. O garoto instintivamente fez a mesma coisa. Gutei puxou uma faca e cortou o dedo do garoto, e dizem que o garoto atingiu a libertação. Ele de repente viu o fato de que não se tratava de um, tratava-se do nada.

Shiva foi mais longe, há muito tempo. Um dia, depois de uma longa ausência, ele voltou para casa. Ele não tinha visto seu filho, que agora tinha dez, onze anos de idade. Quando ele apareceu, esse menino, que carregava um pequeno tridente, tentou impedi-lo de passar. Shiva cortou fora sua cabeça, não o seu tridente. Parvati ficou imensamente indignada com isso. Para corrigir isso, Shiva colocou uma cabeça de gana no corpo do garoto, que então se tornou muito brilhante. Até hoje, na Índia, antes de as pessoas começarem a estudar ou qualquer outra coisa, elas irão primeiro venerar esse garoto. Agora as pessoas meio que o modificaram, e a cabeça de gana se tornou uma cabeça de gaja [elefante], mas ele se tornou a própria encarnação da inteligência e do brilhantismo. Diziam que não havia nada que ele não soubesse. Este foi o primeiro ato do Zen.

Nada neste mundo é deixado de fora da vida de Shiva. Ele é tão complexo e tão completo.

Nada neste mundo é deixado de fora da vida de Shiva. Ele é tão complexo e tão completo. E ele não tinha um ensinamento, ele só tinha métodos, e esses métodos são 100% de natureza científica. Ele deu 112 maneiras pelas quais o ser humano pode atingir, pois existem 114 chakras no sistema humano, mas dois deles estão fora do corpo físico, e assim ele disse: "Esse reino é apenas para aqueles que estão além. Para seres humanos, existem apenas 112 maneiras". E ele demonstrou métodos claros sobre como você pode explorar essas 112 dimensões de como essa vida é feita. Através de cada um deles, você pode realizar.

O que Shiva falava é a mecânica da vida, sem filosofia, sem ensinamento, sem relevância social —simplesmente ciência. A partir dessa ciência, mestres individuais produzem tecnologia. Ele forneceu a ciência para isso. Por trás das tecnologias que você está desfrutando hoje, quer seja na forma de um smartphone ou de um computador ou algum outro dispositivo, existe uma ciência. Esta ciência não é relevante para você. Você está apenas usando a tecnologia. Mas se alguém não tivesse compreendido a ciência, você não teria a tecnologia.

Portanto, o que Shiva disse é simplesmente ciência pura. Ele deixou para os Saptarishis fazerem a tecnologia que se adequaria às pessoas que se sentariam à frente deles naquele dia. Tecnologia pode ser inventada. Dependendo de o que precisamos, produzimos um dispositivo em particular, mas a ciência fundamental é a mesma. Dispositivos que são relevantes hoje podem ser irrelevantes amanhã. Então, muitos dispositivos, que nós uma vez pensamos serem valiosos, não são mais valiosos, porque novos dispositivos chegaram, mas a ciência é a mesma.

Portanto, com o Adiyogi, nós estamos olhando para a ciência fundamental. Em um momento como este, quando, por várias razões, a humanidade está no tipo de estado em que se encontra, é importante que a ciência essencial seja fortalecida.

Download Now

Image courtesy: Gutei from Wikipedia.
Obrigado ao ArtLab pela Ilustração de Shiva.