Kriya Yoga - Uma Maneira Poderosa de Caminhar no Caminho Espiritual

O yogi e místico, Sadhguru, observa o que significa kriya yoga e o que é preciso para percorrer este caminho e explorar a própria mecânica do processo da vida.
Kriya Yoga – A Powerful Way To Walk The Spiritual Path
 

O yogi e místico, Sadhguru, observa o que significa kriya yoga e o que é preciso para percorrer este caminho e explorar a própria mecânica do processo da vida.

Leia em Hindi : क्रिया योग
கிரியா யோகா – ஒரு விளக்கம்

Sadhguru: Fundamentalmente, kriya significa ação interna. Quando você faz uma ação interior, ela não envolve o corpo e a mente, porque o corpo e a mente ainda são externos a você. Quando você tem um certo domínio para agir com sua energia, chamamos isso de kriya.

Se você faz atividades externas, nós chamamos isso de karma. Se você faz atividade interna, nós a chamamos de kriya. De certo modo, ambos são um certo tipo de karma, ou ambos são um certo tipo de kriya. Mas, tradicionalmente, ou no sentido geral do termo, entende-se assim: os karmas são aqueles que o prendem, os kriyas são aqueles que o libertam.

Uma vez que começamos a trabalhar com a energia de uma certa maneira, ela gera um tipo diferente de profundidade para a vida.

O que quer que se faça com seu corpo, suas atitudes e seu pensamento...Por exemplo, hoje seus pensamentos podem ir em uma direção. Amanhã, se outra pessoa vier e influenciar você, ele irá por outro caminho. Da mesma forma, o que quer que faça com o seu corpo, se seu corpo está bem hoje, ele gosta de asanas. Amanhã de manhã, se seu corpo estiver rígido, você odiará asanas. Suas emoções não são de todo confiáveis. A qualquer momento elas podem mudar disso para aquilo. Mas sua energia é diferente. Uma vez que começamos a trabalhar com a energia de uma certa maneira, ela traz um tipo diferente de profundidade para a vida. De repente, há uma dimensão diferente em cada aspecto de sua vida, porque suas energias foram tocadas e ativadas de um modo completamente diferente.

Uma Maneira Poderosa

O Kriya Yoga é uma maneira muito poderosa de percorrer o caminho espiritual, mas, ao mesmo tempo, é um caminho muito exigente. A exigência a uma pessoa é tremenda. Para uma pessoa moderna e educada, hoje em dia, o kriya yoga seria desumano, porque precisa de um tipo de disciplina e de certa exatidão sobre tudo. A maioria das pessoas não tem mais o corpo, a mente ou a estabilidade emocional para o caminho do kriya yoga, porque, desde a infância, as pessoas têm muito conforto. Conforto não significa conforto físico. Sentado em uma cadeira confortável não é uma obstrução. Mas todo o seu ser está buscando conforto sempre, isso é uma grande obstrução. Se você está sentado em algo que é confortável, aproveite - não há problema nisso. Mas se você está constantemente buscando conforto, então esse tipo de mente e emoção é inadequada para o caminho do Kriya Yoga. O Kriya Yoga não pode ser feito com pessoas relaxadas, pessoas que ditam “liberdade” por todos os lugares, “Não estou livre para fazer isso, não estou livre para fazer isso, eu não posso comer isso, eu não posso dormir ali?"

Se você levar alguém para o caminho do Kriya, se eu disser para você dormir com as pernas para cima e de cabeça baixo, é assim que você deve dormir, sem fazer perguntas, porque tudo isso nunca pode ser explicado. Você pode entender no decorrer do caminho, mas isso nunca pode ser explicado. E se isso tiver que ser explicado, a essência do kriya será perdida. Se as pessoas começarem a fazer perguntas lógicas e estúpidas para tudo, os kriyas não podem ser transmitidos.

Se quisermos lhes ensinar kriyas, apenas como uma prática física, posso escrever um livro sobre isso e você pode ler e aprender. Mas se você quiser que o kriya seja um processo vivo, se quisermos que o kriya seja impresso em seu sistema de uma certa maneira, então é precisa disciplina e dedicação. É preciso confiança para abrir suas energias para a outra pessoa, para que você se torne absolutamente vulnerável. Ele pode fazer qualquer coisa com você e, inicialmente, você começará a se perguntar o que diabos ele está fazendo com você, porque os estágios iniciais dos kriyas podem ser tais que você não sabe se está se iluminando ou se está ficando louco. Você deve ter confiança suficiente para sustentar esse período. Caso contrário, o kriya será difícil.

Então, geralmente, no caminho do kriya, a maioria dos Gurus faz os discípulos esperarem. Você vem e quer aprender kriya yoga. "Ok, varra o chão", "Não, eu quero aprender kriya yoga", "É por isso que eu disse, para varrer o chão".  Você varreu o chão por um ano e disse: "Eu varri por um ano." “Oh, você varreu o chão por um ano? Lave os pratos”. Apenas faça-o esperar, esperar e esperar. Use-o, explore-o, abuse dele e ainda assim a confiança dele não se abala, ele pensa: “Oh, deve haver alguma razão”. Quando ele chega a isso, então ele pode ser iniciado em kriyas. Caso contrário, uma vez que você o empodere de uma determinada forma, de modo que o seu sistema se torne vibrante além dos padrões normais, se suas atitudes e emoções não forem adequadas, ele causará um dano imenso a si mesmo.

Mas no mundo de hoje, para conseguir esse tipo de tempo com as pessoas, para fazê-las esperar e passar por tudo isso e fazer elas chegarem a esse tipo de confiança, e então, sim, imprimir isso, é um pouco remoto. Não é impossível, mas é um pouco remoto no mundo moderno

A Mecânica da Vida

O Kriya Yoga é importante apenas se você quiser fazer coisas além da realização. Se o seu interesse é apenas escapar de alguma forma desta prisão e fugir, você só quer a iluminação, ou mukti, então você realmente não tem que seguir o caminho do kriya yoga, porque os kriyas são muito elaborados e envolvem muita disciplina e foco. Se você quer apenas a libertação, então os kriyas podem ser usados de um jeito reduzido, não precisa ser muito intenso. Kriya, como um caminho completo, não é necessário, porque requer muita aplicação.

Com o caminho do kriya você não está apenas buscando a realização, você também quer conhecer a mecânica da vida.

Se você seguir o caminho do kriya muito intensamente, sem orientação, pode levar algumas vidas para amadurecer. Se há alguém vivo que pode fazer coisas com você, então isso pode acontecer nesta vida. Caso contrário, o kriya é um pouco indireto. Com o caminho do kriya você não está apenas buscando a realização, você também quer conhecer a mecânica da vida. Você quer saber a engenharia de como a vida é construída - o que fazer sobre isso. É por isso que é um processo muito mais longo.

As pessoas que se elevaram em kriyas, há um tipo de presença completamente diferente sobre elas, por causa do domínio sobre suas energias. Elas podem desmantelar a vida e juntá-la novamente. Mas se você está apenas buscando outras maneiras, como gnana, por exemplo, você é afiado como navalha, você pode fazer muitas coisas com sua mente, mas ainda assim não há nada que você possa fazer com sua energia. Se você está em bhakti, não há nada que você possa fazer e você não se importa, você só quer se dissolver. Se você está no caminho do karma yoga, você faz muitas coisas no mundo, mas não pode fazer nada consigo mesmo. Mas os kriya Yogis podem fazer o que eles quiserem em termos de energia e podem fazer muito com o mundo também.

Nota do editor: “Mystic’s Musings” inclui mais insights do Sadhguru sobre kriya e o sistema de energia humano. Leia a  amostra grátis [pdf] ou compre o ebook.

 
 
 
 
  0 Comments
 
 
Login / to join the conversation1