Como nossos Rios, Perdemos nosso Caminho?

Nós fizemos com que nossos rios secassem e perdessem seu caminho. Nós também estamos perdendo nosso? Encontraremos nossa fonte maior, Sadhguru pergunta, ou nos perderemos ao longo do percurso?
Like Our Rivers, Have We Lost Our Way?
 

Sadhguru: A palavra "Veerashaiva" literalmente significa um Shiva Bhakta muito corajoso ou valente. Na filosofia dos Veerashaivas, eles sempre usam a analogia de rios e oceanos.Shiva  é referido como oceano e pessoas individuais como rios. O que eles estão tentando dizer é que, inevitavelmente, cada rio corre naturalmente para o oceano. A única questão é o quanto esse rio vai serpentear.

Mas nós, como uma geração de pessoas, estamos tentando provar que os rios não precisam ir ao oceano. Eles podem secar no caminho. Nós somos esse tipo de geração.

Mas nós, como uma geração de pessoas, estamos tentando provar que os rios não precisam ir ao oceano. Eles podem secar no caminho. Nós somos esse tipo de geração. A secagem de nossos rios é uma consequência da maneira como os seres humanos estão vivendo. Isso está acontecendo apenas porque uma grande porcentagem da humanidade esqueceu a natureza de sua existência.

Havia apenas um rio em todo o país que não atingia o oceano, o Lavanavati em Rajasthan. Ela seca no deserto. Mas hoje produzimos muitos rios que não vão ao oceano pelo menos parte do tempo, e muitos que não chegam ao oceano em nenhum dos doze meses do ano. O Ganga e o Indus estão agora entre os rios mais ameaçados do planeta. Kaveri é hoje talvez quarenta por cento do que costumava ser há cinquenta anos. Para o último Kumbha Mela em Ujjain, eles tiveram que bombear água da Narmada para criar um rio artificial, porque não havia água no Kshipra. Os pequenos nem chegam aos rios principais. Eles se secam em algum lugar ao longo do caminho. Rios como Amaravati devem ser "eternos". Quando é todo pedra, é claro que pode ser eterno!

Não se trata apenas de nossos rios. É sobre a forma como somos. Encontraremos naturalmente nossa fonte maior, ou nos perderemos no caminho? Por quanto tempo decidimos nos perder? Quanto mais nos afastarmos da natureza, em muitos aspectos, mais longe nos afastamos de nossa própria natureza. O outro caminho também é verdadeiro - quanto mais nos afastarmos de nossa própria natureza, mais insensíveis nos tornamos a todas as outras vidas que nos rodeiam.

Quanto mais nos afastarmos da natureza, em muitos aspectos, mais longe nos afastamos de nossa própria natureza.

A água não é uma mercadoria. É material de criação de vida. O corpo humano é de 72% de água. Você é um corpo de água. E neste planeta, os rios são os corpos d'água com os quais temos o relacionamento mais próximo. Por milhares de anos, esses rios nos abraçaram e alimentaram. Chegou um momento em que temos que abraçar e alimentar nossos rios.

Nós temos que conscientizar todos no país que existe uma necessidade expressa de ação para salvar nossos rios. Precisamos urgentemente mudar os pensamentos sobre como explorar os nossos rios para como revitalizá-los.

A solução mais simples para isso é assegurar a cobertura das árvores por um mínimo de um quilometro a cada lado do rio e meio quilômetro para os afluentes. As pessoas pensam que por causa da água, há árvores; não, por causa das árvores há água. Se não houver árvores, não haverá rio depois de algum tempo. Onde quer que seja terra do governo, nós plantamos árvores da floresta. Onde quer que seja terra privada, passamos das culturas que destroem o solo para a horticultura à base de árvores. Isso também resultará em um benefício econômico significativo para o agricultor, e seus rendimentos irão mais que dobrar em cinco anos. Se pudermos implementar isso como uma política compulsória, em dez a quinze anos, veremos nossos rios fluindo com pelo menos quinze a vinte por cento a mais de água.

Nota do Editor: Visite RallyForRivers.org para obter mais informações sobre como você pode participar e se envolver no Rally For Rivers - uma campanha nacional para reviver nossos rios.