Mahabharat Episódio 8: A condição de Amba

Sadhguru continua a história depois que Shantanu se casa com Satyavati, e olha como Bhishma cria uma situação infeliz ao tentar assegurar o futuro do clã Kuru.
Mahabharat Episode 8: Amba’s Plight
 

Mahabharat All Episodes

Sadhguru: Então, Shantanu tirou a vida de seu filho, assim como Yayati quis a juventude de seu filho. Yayati quis a juventude de seu filho. Shantanu teve dois filhos com Satyavati. O primeiro era conhecido como Chitrangada, o segundo era conhecido como Vichitraveerya. Chitrangada, um jovem arrogante, saiu um dia para a floresta. Ele encontrou um gandharva - um ser com habilidades extraordinárias que veio de outro lugar - que também se chamava Chitrangada. Quando esse gandharva perguntou ao rapaz: "Quem é você?", ele orgulhosamente disse: "Eu sou Chitrangada". O gandharva riu e disse: "Como se atreve a chamar-se Chitrangada? Eu sou Chitrangada. É melhor mudar de nome. Este é meu nome. Você é inadequado para carregar o meu nome". O jovem príncipe levantou-se e disse: "Como se atreve a dizer isso? Parece que você viveu tempo demasiado. Venha, vamos lutar, porque o meu pai chamou-me Chitrangada e este é o meu nome. Eles lutaram e, num momento, o rapaz estava morto.

O Homem Estranho

Agora só restava um filho, Vichitraveerya. "Vichitra" significa estranho ou distorcido, "veerya" significa masculinidade. Ele era um estranho ou de masculinidade distorcida. Nós não sabemos exatamente o que isso significa. Ou ele não estava disposto a ter uma esposa ou era incapaz de ter uma esposa. Conseguir uma esposa ou ter um filho não é algo que devemos olhar no contexto de hoje. Era a coisa mais importante naquela época, porque sendo um rei, a primeira preocupação é que eles devem ter filhos. Caso contrário, quem seria o próximo na linhagem? Todos os dias, eles iam para a batalha. Quem quer que você seja, você pode ser morto. Caso você seja morto, se você teve um filho, ou não, era um aspecto muito importante. Era por isso que eles estavam sempre pensando em ter uma esposa e ter um filho, porque se você não tivesse um filho, todo o seu império iria para outro lugar.

Vichitraveerya não estava disposto a ter uma esposa. Bhishma não estava disposto a ter uma esposa. Chitrangada estava morto. Assim, a dinastia Kuru estava paralizada.

 

Vichitraveerya não estava disposto a ter uma esposa. Bhishma não estava disposto a ter uma esposa. Chitrangada estava morto. Então a dinastia Kuru estava paralizada. Nessa situação, o rei de Kashi anunciou o swayamvara de suas três filhas - e não enviaram um convite para a casa dos Kuru. A dinastia Kuru era a maior e mais respeitada da região, mas eles não receberam um convite, porque o rei de Kashi não queria que suas filhas fossem casadas com Vichitraveerya, sobre cuja masculinidade havia rumores. Bhishma não podia suportar essa afronta, porque ele está comprometido com a dinastia Kuru acima de seu próprio bem-estar - acima do bem-estar de qualquer pessoa. Então ele decidiu participar do swayamvara.

Bhishma sequestra Amba

Um swayamvara significava que uma jovem mulher podia escolher o seu próprio destino. Quando uma princesa tinha que se casar, eles organizavam uma espécie de evento onde qualquer pessoa do clã Kshatriya, que achassem que era elegível, podia participar, e a mulher podia escolher seu marido. A escolha era dela. Ninguém podia intervir.

Todas as três filhas do rei de Kashi - Amba, Ambika e Ambalika - vieram ao swayamvara de uma só vez. Amba já estava apaixonada pelo rei de Shalva, cujo nome era Salva, e ela estava para escolhê-lo. A maneira simples de indicar sua escolha era que a mulher receberia uma guirlanda, e ela olharia ao redor para todos os homens, e quando ela escolhia um homem, ela colocava a guirlanda nele e aquele homem se tornaria seu marido. Amba foi a Salva e colocou a guirlanda nele.

Vichitraveerya casou-se apenas com Ambika e Ambalika. Ele recusou Amba.

 

Nesse momento, Bhishma entrou. Os outros guerreiros sentados ali o temiam porque ele era um grande guerreiro. Ao mesmo tempo, eles sabiam que ele tinha se castrado e que nunca se casaria. Então eles zombaram dele, "Por que o velho veio aqui agora? Ele está procurando uma noiva? Ou o clã Kuru não tem um guerreiro que possa vir e levar uma noiva? É essa a razão pela qual ele veio?". Bhishma ficou furioso porque sua nação e o seu clã estavam sendo ridicularizados. Então ele sequestrou todas as três meninas e levou-as consigo. Os outros guerreiros o combateram, mas ele derrotou todos eles. O próprio Salva lutou, porque sua noiva estava sendo sequestrada, mas Bhishma o derrotou e o humilhou e levou todas as três meninas embora.

Esta era uma mudança que aconteceu de gerações anteriores, em que uma mulher poderia estabelecer condições. Agora, uma mulher estava sendo agarrada e levada. Amba estava com os olhos cheios de lágrimas. Como eles estavam viajando para Hastinapur, a cidade capital dos Kurus, Amba disse: "O que você fez? Eu estava apaixonada por aquele homem e já tinha colocado a minha guirlanda nele. Ele é meu marido. Você não pode me levar assim".

Bhishma respondeu: “Eu peguei você. O que eu pego pertence aos Kurus.” Então ela perguntou a ele: “Você quer se casar comigo?”. Bhishma disse: “Não, você se casará com Vichitraveerya”. Mas Vichitraveerya se casou apenas com Ambika e Ambalika. Ele recusou Amba dizendo: “Ela colocou a guirlanda em outra pessoa. Ela deu seu coração a alguém. Não vou me casar com essa mulher".

A condição de Amba

Mahabharat Episode 8: Amba’s Plight

 

Amba estava completamente confusa: "O que devo fazer agora?". Bhishma pediu desculpas a ela e disse: "Vou providenciar para que você seja enviada de volta para Salva". Amba estava muito feliz com isso e voltou para Salva - mas ela ia receber um choque. Salva a recusou dizendo: "Eu não estou aqui para receber caridade de alguém. Eu perdi a batalha. A velha besta derrotou-me e agora está tentando me dar uma noiva de caridade. Eu não vou aceitar você. Volte!”.

Há 5000 anos, uma princesa rejeitada em todos os lugares, ela não pode voltar para o seu pai, ela não tem marido. Seu homem não a aceita de volta.

 

Amba agora tinha sido recusada nos dois lugares. Ela voltou a Hastinapur e insistiu que Bhishma se casasse com ela: "Você destruiu minha vida. Você tirou o homem que eu amo, você me trouxe aqui a força e a pessoa com quem devo me casar não se casará comigo. Você deve se casar comigo”. Mas Bhishma simplesmente recusou. “Minha lealdade é à minha nação. Eu dei minha palavra de que não vou me casar e isso é tudo”.

Em total desolação, Amba foi embora. Eu quero que você imagine, há 5000 anos, uma princesa rejeitada em todos os lugares, ela não podia voltar para o pai, ela não tinha marido. Seu homem não a aceitava de volta. Ela simplesmente saiu sem saber para onde ir, em absoluta desolação.

A continuar...

More Mahabharat Stories

Nota do editor: Uma versão deste artigo foi publicada originalmente em Isha Forest Flower em agosto de 2015. Faça Download em PDF com base no “nome seu preço, no mínimo” ou assine a versão impressa.