A Tecnologia do Futuro se Tornará Bênção ou Desgraça?

Neste artigo, Sadhguru compartilha sua perspectiva sobre como as futuras tecnologias irão remodelar nossas vidas.
Cardboard Robot holding a fountain pen and notebook | Will Technology of the Future Become Boon or Bane?
 

Sadhguru: Neste momento, noventa por cento ou mais da humanidade vive de suas capacidades fisiológicas e intelectuais. Mas tudo que você é capaz de fazer, uma máquina fará no futuro. Qualquer coisa que possa ser construída pelo armazenamento de memória, acesso à memória, análise desta memória e expressão desta memória, tudo o que você está fazendo através do seu intelecto pensando que é você, será feito por uma máquina em algum momento.  

Quando as máquinas começarem a fazer isso, é inevitável que você explore as dimensões mais profundas de quem você é. E esse será um grande dia, porque isso significa que estamos de férias. Nós não vamos trabalhar para viver. Então podemos olhar a vida de uma maneira completamente diferente.

 

Uma Dimensão Além da Memória

O que você chama de seu corpo e de sua mente é um certo acúmulo de memória. Memória é o que fez de você tudo o que você é. Por exemplo, se um homem come um pedaço de pão, o pão se torna um homem. Se uma mulher come, torna-se mulher. Se um cachorro come o mesmo pão, ele se torna um cachorro. Isso é um pedaço de pão inteligente! Não é o pão, mas o tipo de memória que o sistema carrega, que transforma o pão em homem, mulher ou cachorro.

O intelecto humano é uma ilha. Todas as produções do intelecto humano são pequenas ilhas, incluindo a tecnologia. A Consciência é o oceano em que nós existimos.

A estrutura do seu corpo é uma certa dimensão da memória. A memória também é um limite definido. Mas há uma dimensão de inteligência que chamamos de chitta, ou na terminologia moderna, pode ser chamada de consciência. Nessa dimensão da inteligência não existe memória. Onde não há memória, não há limites para ela.

O intelecto humano é uma ilha. Todos as produções do intelecto humano são pequenas ilhas, incluindo a tecnologia. Consciência é o oceano em que nós existimos. Consciência é uma inteligência que não é identificada com qualquer memória ou limite de você e eu, isso e aquilo. Esta é uma dimensão da inteligência que não tem limites.

À medida que nossas capacidades tecnológicas aumentam, devemos também nos esforçar para melhorar os seres humanos para irem além das limitações de seu intelecto e chegar a uma dimensão mais profunda de inteligência, que é a própria fonte da vida em nós mesmos.

Infraestrutura para Consciência

Sadhguru during the Samyama program in Adiyogi Alayam

 

Se algo precisa acontecer, uma certa quantidade de energia, tempo e recursos humanos tem que ser dedicada nessa direção. Então, temos que investir em consciência. Até agora, temos investido apenas em nossa sobrevivência. Mas quando essas tecnologias começarem a se tornar realidade, a sobrevivência não será um problema. Quando a sobrevivência não é um problema, definitivamente começaremos a investir. Porém, quanto mais cedo investirmos, menor será a aberração ao movermos para essas novas possibilidades que a tecnologia abrirá.

 

A tecnologia é sempre uma faca de dois gumes. Qual o caminho que você vai usar depende de quem você é. Quer sua identidade e sua experiência sejam muito exclusivas, ou sua identidade e sua experiência sejam muito inclusivas, elas determinarão de que lado a faca irá cortar.

Então, o que precisamos fazer para que a consciência se manifeste nas sociedades humanas em larga escala? Em todas as gerações, houveram seres muito conscientes. Em algumas gerações e em algumas sociedades eles foram ouvidos. Em outras sociedades, eles foram ignorados. É hora de fazermos que essa voz, que se refere a uma consciência adimensional, sem fronteiras, seja escutada e que as metodologias de como se tornar consciente estejam disponíveis.

Tecnologias Para o Bem-Estar Interior

 

Como existem tecnologias para criar bem-estar em nosso entorno, existe uma ciência e tecnologia para fazer o mesmo dentro de nós. Mesmo com a grande quantidade de tecnologias, se você não sabe como ser, você ainda não está bem. Conhecemos mais conforto e conveniência do que qualquer geração jamais conheceu na história da humanidade. Mas podemos afirmar que somos a geração mais alegre e fantástica de todas? Não! As pessoas estão se tornando neuróticas. Não estou dizendo que somos piores que as outras gerações, mas não somos significativamente melhores, nós geramos um preço alto a todas as outras vidas para termos o que queremos ter.

Nas nossas cidades existem hospitais, escolas, banheiros e tudo mais. Mas você tem um lugar para as pessoas meditarem?

Essas tecnologias trarão conforto e conveniência, mas não trarão bem-estar. É hora de se concentrar no bem-estar interior. Neste momento, o seu bem-estar ainda é determinado pelo que está ao seu redor, não pelo que está dentro de você.

Se seu corpo e seu cérebro recebessem instruções de você, você se manteria saudável e feliz a cada momento de sua vida? Se você tivesse uma escolha, definitivamente você faria. Se você não está feliz a cada momento, obviamente, seu corpo e seu cérebro não estão recebendo instruções de você. Isso significa que você não está consciente o suficiente.

Então, temos que investir nessa direção. Nas nossas cidades existem hospitais, escolas, banheiros e tudo mais. Mas você tem um lugar para as pessoas meditarem? Quando a tecnologia começa a fazer a maioria das coisas que você está fazendo agora, e você ainda não sabe por quê você existe, a necessidade de bem-estar interior se tornará super-forte. Então, se quisermos estar prontos para esse dia, é muito importante que a gente invista tanto na infra-estrutura física quanto na infra-estrutura humana que se concentra no núcleo mais profundo de quem somos.

Nota do editor: Engenharia Interior ("Inner Engineering") é uma oportunidade para construir uma transformação interna que aprofunda sua percepção, provocando uma mudança dimensional na maneira como você olha para sua vida, seu trabalho e o mundo em que você habita. Existem três módulos diferentes nos quais você pode aprender Engenharia Interior. Confira esta página para mais detalhes

Uma versão deste artigo foi publicada originalmente em Forest Flower, em julho de 2018.

 

 

 
 
  0 Comments
 
 
Login / to join the conversation1